Qual a diferença entre Seguro DPVAT, IPVA e Licenciamento?


DPVAT, IPVA e licenciamento são termos que inevitavelmente fazem parte da vida dos motoristas, afinal para que possam rodar pelas ruas é preciso estar com toda essa documentação em dia. Mas você sabe a diferença entre cada um desses termos? Confira agora!

IPVA

A sigla IPVA significa Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores.

É de competência da Secretaria de Estado da Fazenda, e destina 50% dos recursos aos municípios, de acordo com o número de veículos licenciados no local. Uma outra parte do valor é encaminhado para o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB). O setor de  pavimentação também recebe uma parte, mas o IPVA não é exclusivamente para isso, como muita gente imagina.

O pagamento do IPVA é anual e na maioria dos estados acontece no começo do ano, mesma época do seguro DPVAT.

Seguro DPVAT

DPVAT é a sigla para seguro por Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de via Terrestre.

Trata-se de um seguro obrigatório que garante o suporte a qualquer vítima de acidente envolvendo veículos como carros, ônibus, caminhões e outros.

Quem administra o imposto é a Seguradora Líder, empresa indicada pelo Governo Federal. O pagamento do DPVAT deve ser feito no início do ano e ao contrário do IPVA, possui valor fixo, variando apenas de acordo com o modelo de veículo, levando em conta o valor do seguro de cada um.

Licenciamento

Trata-se de um serviço de inspeção anual da situação do veículo feito pelos DETRANS, ou seja, uma autorização para que o motorista possa dirigir nas ruas do país. Dessa forma, é obrigatório portar o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) e estar sempre com o documento atualizado, portando o papel referente ao ano vigente.

Assim como o IPVA, o valor cobrado pode variar de acordo com o estado.

Os agentes de trânsito, ao realizarem uma blitz por exemplo, verificam o documento do carro e checam se as taxas estão em dia, de acordo com o último número da placa. Perda de pontos na carteira, multa e apreensão do veículo são consequências por dirigir com licenciamento atrasado. A infração é do tipo gravíssima.

Agora que você já conhece com detalhes os custos básicos acarretados em possuir um carro, não deixe de se planejar e incluir cada um desses tributos em seu controle de orçamento familiar, afinal, estar regularizado é essencial para exercer a cidadania e não sofrer consequências negativas pela legislação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Qual seguro você deseja cotar?